Login

Portugal a menos de um ponto percentual de atingir meta para energia renovável!

Portugal a menos de um ponto percentual de atingir meta para energia renovável!

Subiu para 18% a fatia de energia renovável no bolo de toda a energia consumida pela União Europeia. De acordo com o Eurostat, em Portugal, essa fatia está nos 30,3%, a menos de um ponto da meta. 

De toda a energia consumida, em 2018, na União Europeia, 18% veio de fontes renováveis, mais 0,5 pontos percentuais do que no ano anterior. Em Portugal, a fatia de energias renováveis no bolo total fixou-se nos 30,3%, ficando a menos de um ponto percentual da meta estabelecida para 2020 pelo Executivo. 

Note-se que o objetivo comunitário era que 20% do consumo energético até 2020 fosse oriundo de fontes renováveis. Até 2030, a União Europeia quer ver essa fatia aumentar para 32%.  

Em 2018 entre os 28 Estados-Membros, 12 já tinham concretizado as metas traçadas a nível nacional; Bulgária (atingiu uma fatia de 20,5%, quando o objetivo era 16%), a República Checa (atingiu uma fatia de 15,1%, quando o objetivo era 13%), a Dinamarca (atingiu uma fatia de 36,1%, quando a meta era 30%), a Estónia (atingiu uma fatia de 30%, quando o objetivo era 25%), a Grécia (18%), a Croácia (atingiu uma fatia de 28%, quando a meta era 20%), a Itália (atingiu uma fatia de 17,8%, quando o objetivo era 17%), a Letónia (atingiu uma fatia de 40,3%, quando a meta era 40%), a Lituânia (atingiu uma fatia de 24,4%, quando o objetivo era 23%), o Chipre (atingiu uma fatia de 13,9%, quanto o objetivo era 13%), a Finlândia (atingiu uma fatia de 41,2%, quando o objetivo era 38%), e a Suécia (atingiu uma fatia de 54,6%, quando o objetivo era 49%). 

Além disso, quatro outros países europeus estavam a menos de um ponto percentual das suas metas nacionais, nomeadamente Portugal. 

Segundo o Eurostat, os mais afastados do seu objetivo eram a Holanda (a 6,6 pontos percentuais), França (a 6,4 pontos percentuais), Irlanda (a 4,9 pontos percentuais), Reino Unido (a quatro pontos percentuais) e Eslovénia (a 3,9 pontos percentuais). 

De acordo com dados também publicados pelo Eurostat esta quinta-feira, 8% da energia usada para alimentar meios de transporte na União Europeia vieram de fontes renováveis, em 2018.  

A Suécia fixou-se como o país europeu com a maior fatia de energia renovável no setor dos transportes (29,7%), seguida pela Finlândia (14,1%), pela Áustria (9,8%) e pela Holanda (9,6%). Portugal conseguiu fixar-se no sexto lugar da tabela europeia, com uma fatia de renováveis de 9,04%. 

 

 

Fonte: https://eco.sapo.pt/2020/01/23/portugal-a-menos-de-um-ponto-percentual-de-atingir-meta-para-energia-renovavel/ 

Imagem: Free-Photos por Pixabay 

 

Galeria