Login

Mercado imobiliário do Reino Unido goza de recuperação rápida 1 mês após o fim do confinamento da Covid-19

Mercado imobiliário do Reino Unido goza de recuperação rápida 1 mês após o fim do confinamento da Covid-19

A consultora imobiliária internacional Knight Frank fez saber, na semana passada, em comunicado à imprensa, que as ofertas de compra de casa estão a ser aceites a taxas recorde nos mercados imobiliários do Reino Unido, à medida que a engrenagem regressa e a pressão sobre os preços abranda no primeiro mês desde que as medidas de bloqueio do mercado foram levantadas.

O número de ofertas aceites fora de Londres, foi, na semana de 6 de junho, o mais elevado de sempre, com uma subida de 52% em comparação com a média dos últimos cinco anos. Em Londres, o valor foi 34% acima da média dos últimos cinco anos e o terceiro valor semanal mais alto em 2020.

As restrições às transações imobiliárias no Reino Unido foram levantadas a 13 de maio, após um período de oito semanas, no qual as visitas físicas pararam e a procura permaneceu em silêncio. À medida que o Reino Unido foi saindo do confinamento e o impacto no mercado de trabalho se foi clarificando, o mercado imobiliário e o seu desempenho foram melhorando.

O número de novos potenciais compradores continua a aumentar. Para os mercados fora de Londres, o valor foi o mais alto desde maio de 2018 e ficou 14% acima da média dos últimos cinco anos. Em Londres, o número foi 54% superior à média dos últimos cinco anos, mas inferior aos níveis registados no início deste ano, quando o ressalto pós-eleitoral teve um impacto.

A razão pela qual os mercados fora da capital estão atualmente a bater recordes resume-se ao preço. Refletindo que os preços fora de Londres têm sido mais realistas por um período mais longo e, portanto, estão agora a mostrar mais resiliência.

Os preços das casas fora da capital atingiram o seu pico no terceiro trimestre de 2007, no entanto mantêm-se abaixo deste ponto alto e o crescimento tem sido moderado nos últimos anos. Entretanto, os preços de Londres situam-se agora entre 20% e 40% acima do pico da crise pré-financeira de 2007, como mostra o gráfico abaixo.

Este diferencial de preços tem sido aliado a uma tendência para mais compradores procurarem espaço ao ar livre. Enquanto as vistas virtuais a propriedades em Londres ficaram 13% abaixo da média de cinco anos na semana que terminou a 6 de junho, fora de Londres houve um aumento de 13%.

Os níveis de oferta relativamente apertados também colocaram um travão à pressão dos preços no primeiro mês desde que o mercado imobiliário reabriu, mas mais equilíbrio deverá voltar nos próximos meses.

https://www.worldpropertyjournal.com/real-estate-news/united-kingdom/london-real-estate-news/london-real-estate-news-knight-frank-2020-london-property-market-report-covid-19-impact-on-london-property-sales-damian-gray-shaun-hobbs-11989.php   

 

 

Texto: Paulo Lopes

 

Galeria

Blog

Nós podemos ajudar!

Informe-nos sobre o tipo de propriedade que procura e nós fazemos a pesquisa por si. Para isso basta preencher este simples formulário.
Formulário